Soltar

17-11-2013 22:17

Não te dá vontade de sorrir? Toda esta angústia presa!
Vou até ao sitio onde me sinto confortável...o meu sitio especial, aquele cantinho de mim mesma onde estou e me sinto em segurança...
Não sei de quem me protejo..talvez seja de mim mesma e não o admito...
Falar tornou-se aterrorizante por vários motivos...dava azo a muita desconfiança, muita incerteza e partia-me as antas das imaginação.
Por vezes é assim que me sinto, como um palhaço num circo que é vaiado por querer fazer rir...Mantenho-me lá em cima, sendo o melhor que querem e no fim atiram-me os tomates mais podres, os ovos mais mal-cheirosos.
Mas que faço afinal? 
Sinto que se partem a todo o momento...sim, as antas da imaginação. 
AHAHAH és um palhaço, na na na na nanaaaa, chora agora! Imprestável!
São elas que me susteem cá em cima, o meu mundo. Onde fico e saiu e renovo e destruo. 
Desejo apenas que existam momentos como este, chamados felicidade.
Já dizem os magos que ela é o caminho!
Mas vale, vale a pena. Pois o sofrimento não será demasiado para o que a vida vale, mesmo que ele seja imenso. Que venha a vida que eu estou nua!