Luar...

11-10-2013 19:25

É as três e meia da manhã, apenas à luz da lua que me atravessa a janela da sala, que escrevo...Olhando em volta, para a restante escuridão , escrevendo o que sinto...
Porque só aqui sei o que sinto, sem olhar, sem ouvir, pois o sentir é surdo e mudo...
Sinto-me louca! Louca sim, pois a escuridão fascina-me...laivos de luz lunar atingem a sala que se encontra à minha frente banhando cada elemento de forma singular...da forma que cada elemento merece;
A televisão que dá a ilusão de estar ligada, a mesa onde parece estar gente, o chão que parece ser pisado...o berço, onde se ouve sons longínquos de uma criança a chorar...o meu irmão, que se havia magoado, a televisão que a minha mãe via...a mesa onde eu me encontrava...Tudo tem agora uma visão e um aspecto diferente...
E agora sinto, sinto tudo, sentada no sofá...
Como me fascina a escuridão!
A escuridão mostra-me tudo o que preciso ver e o qual a luz do dia me esconde de forma traiçoeira...
Sinto a paz transmitida por esta falta de luz, esta escuridão quieta onde me encontro, me descubro...
Onde te amo, te preciso e te busco...
Onde tudo faz sentido à luz da lua