Em redor

28-10-2013 20:25

É em redor que olho, e observo...
Tento enquadrar-me neste mundo de feras e bestas desconhecidas mas com nome regular...
Se caminho, com os pés descalços neste caminho pedroso, sinto a dor suave de existir.
Momentos base que me dão vontade de rir sem saber porquê.
A alegria da escuridão... estar sozinha, falar sozinha, encontrar beleza no não existir, no morto. 
O sol está mais forte agora... A árvore onde me resguardo já de nada me protege, pois oiço barulhos e corro.
De tanto correr tropeço e minha perna sente o rasgar no ramo pontiagudo. Rio-me agora as gargalhadas. Como é bom sofrer !
Ver o sangue jorrar livremente e cobrir de uma cor viva a erva já seca...
Queres entrar?


S. Leon