Divagar

14-09-2014 01:19

Divagar
É olhar
Teu corpo
Sem o ter no meu...

Divagar
É encontrar
Um lugar
Onde nos perdemos...
Tu e eu.

Sou poeta sem musa
Sou teimosa que recusa
Deixar de escrever
So por uma paixão não ter...

Divagar
É cruzar os braços,
Recolher os meus cansaços
Enquanto me entrego ao mundo la fora
Sem sair do meu no agora
Em que penso se me encontrarás.

Pois amor é toda a razão de existência
De criaturas que vivem na sobrevivência
Por se terem perdido no futuro...
Já acho um pouco sortudo
Quem encontra da vida a essência!

Mas paremos, enquanto junto a mim
Danças, seduzes, encantas assim!
Eu pobre princesa descoroada
Por da vida saber quase nada
Mas me deixaste enamorada
Fixada, viciada nesse teu olhar
Que me prende a ti...

Vicio que ja perdi