"Quero estar contigo"

28-10-2013 21:20

"Quero estar contigo... 
E eu contigo!"
E é aqui que me queixo de impotência perante as oportunidades que nos passam pelas mãos e não temos força para as agarrar... Que será que nos falta?
Dá-me vontade de rir, sorrir mesmo, mesmo que não fale contigo.
Sei que me amas e esse amar que concluo e presumo como puro basta-me na existência simples que tenho.
Eu não a tento complicar....mas sim simplificar e é por isso que por vezes recuso o escrever, o falar.
São simples factos e actos que mexem e remexem com o interior de alguém que tem interiorizado que a vida é uma rotina imaculada e que tem de estar assim, parada, sem ninguém lhe tocar. 
E por isso me espanto...me perco nas dimensões que julgava não ter mas que arranco do meu interior de forma cuiadosa e sem me dar conta sequer. 
E ai tu supreendes-me, sorrimos os dois e somos apanhados pela felicidade irracional, a mesma felicidade que nos acolhe e veste o corpo todo e se penetra nos mais profundos sentidos.
Até os olhos mudam de cor!
Ah! e como mudam! Mas de repente a minha alma fica negra e sufoco, solto-me de ti na tentativa de regressar aquela felicidade tola e despropositada, deslargo-me caindo no chão.
Tu olhas-me arrependido, aproximas-te mas a minha barreira afasta-te e tu ficas atormentado por ti mesmo.
É o que a sociedade nos faz, o que a vida no causa e no que os medos nos transformam. Criaturas com traumas com medo do que nos rodeia, medo do mais belo até. 
Arrasto-me para longe, sentindo o chão gelar cada vez mais e escorregando no rio das lágrimas que me caem da face. A pergunta essencial, porque?
Nem sei...apenas voltamos ao nosso ritmo novamente, pois quando acabo de me arrastar e tenho forças para me erguer tu estás ali, de olhos postos no horizonte e um sorriso suave nos lábios.
Voltámos ao nosso mundo...