Alucinação (continuação)

27-10-2013 20:27

(...)
Tiro a minha camisola, de forma rápida e colo-me de novo a ti, descendo...
Vou descendo e sentindo o teu corpo arrepiar ao meu mais suave toque...Como sabe bem sentir-te arrepiar!
A temperatura dos nossos corpos aumenta á medida que tudo á nossa volta desaparece...
Aggarro no teu corpo vibrante e rasgo-te na roupa,enquanto te beijo....Atiras-me para cima da cama já com vontade de tudo e tiras o que faltava de roupa do meu corpo...
Surge a harmonia de movimentos...os nossos corpos reagem-se instintivamente enquanto se movimentam de igual forma, num movimentar sem fim....
Aumentas a força contra o meu corpo e arranho-te as costas, já só sonhando acordada num imenso prazer...É nesta imensa confusão de sentimentos, movimentos e descaramentos que vejo que combinamos em tudo.
De repente tudo acaba, e só me apetece gritar de prazer, mas ao olhar para as tuas costas é o que menos vontade tenho de fazer...
Arranhões enormes precorrem-te a linha dos ombros e da coluna...

(Continua...)